CONSTIPAÇÃO INTESTINAL INFANTIL E A ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

 

Úrsula Maria Carneiro de Araújo
Michele de Oliveira Matos
Anna Gabriella e Silva
Dr. Ronney Jorge de Souza Raimundo

 

Resumo

A constipação intestinal, ou a prisão de ventre, como é conhecida popularmente, é um distúrbio e pode ser definida quando a frequência de defecação é inferior a três vezes por semana. O objetivo desse artigo é trazer informações sobre a constipação intestinal infantil, de forma mais clara e objetiva, dados sobre a quantidade de crianças afetadas, índices, mas prevalentes, classificações, sendo aguda ou crônica, e enfatizando a fisioterapia, como um método eficaz e de grande valia de tratamento. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa em que se optou pelo método da revisão literária, por meio da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), nos bancos de dados LILACS (Literatura Latino- Americana em Ciência de Saúde), SciELO (Scientific Eletronic Library Online) e Google Acadêmico.

Palavra-chave: CONSTIPAÇÃO INTESTINAL. MASSOTERAPIA E INFÂNCIA.

Abstract

Constipation, or constipation, as it is popularly known, is a disorder and can be defined when the frequency of defecation is less than three times a week. The aim of this article is to provide information about childhood intestinal constipation, more clearly and objectively, data on the number of children affected, indexes, but prevalent, classifications, being acute or chronic, and emphasizing physiotherapy as an effective and of great value of treatment. This is a qualitative study in which the method of literary review was chosen, through the Virtual Health Library (VHL), in the databases LILACS (Latin American Literature in Health Science), SciELO (Scientific Electronic Library Online) and Academic Google.

Keywords: INTESTINAL CONSTIPATION. MASSOTHERAPY AND CHILDHOOD.

Texto Completo

PDF (PORTUGUÊS  (BRASIL))

 

INDEXADORES